InícioInício  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 Os Perdidos e os Condenados [5E]

Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2, 3  Seguinte
AutorMensagem
Fenris
JOGADOR
avatar

Mensagens : 45

MensagemAssunto: Os Perdidos e os Condenados [5E]   Sex Set 14, 2018 11:23 am




Não fazia muito tempo desde que os três haviam sido contratados para aquele trabalho. Era um trabalho simples, com bom pagamento. O bispo Maximillien havia os contatado separadamente e feito a proposta. Trezentas peças de ouro para cada para irem até Nuitciel, no extremo sul de Valencia, quase no extremo sul daquele lado do continente, e entrar em contato com um mulher.
Madelleine Brien era o nome do alvo. Aparentemente desaparecida após um conflito no meio da noite pelo o que os contatos do bispo haviam conseguido juntar. Naquela região, Istrad, havia um certo enfoque religioso  na padroeira local, Santa Alessia. Segundo o bispo, a barda possuía um artefato santo que lhe fora enviado sob cuidados da igreja quando desapareceu. E o artefato desaparecera com ela.

Desde que haviam encontrado e negociado com Maximillien, já se faziam cerca de seis dias.
Sua jornada de Anseille, maior cidade da região central valenciana de Aster, até Nuitciel em Istrad estava sendo relativamente segura e sem muitos eventos até ali. A estrada contornava através das diversas colinas e montes que compunham a geografia de Aster, ocasionalmente cruzando por pequenas vilas e calmas fazendas. Naqueles lugares, a Guerra de Unificação parecia não ter existido tão recentemente, apenas uma aura de calma cobrindo o lugar.  

Alguns dias atrás eles haviam entrado no Vale de Berthier, a imponente área montanhosa que separava Istrad das outras províncias de Valencia. A trilha através da mesma, chamada de Passagem de d’Artois fora um longo e instável caminho que cortava a montanha em contornos e pequenos túneis. Uma trilha cansativa, até finalmente terem entrado em Istrad de fato. Nos últimos dias, eles haviam continuando à cruzar os vales internos da região, até cedo naquela manhã quando finalmente voltaram à um vale aberto, completando a passagem.  

A viagem continuava pelos campos agora mais abertos de Istrad, com os caminhos cheios de pedras decorados por sombrios pinheiros e flanqueados pelas distantes cordilheiras aonde picos brancos tocavam o céu. Brotando de uma dessas montanhas estava um castelo com muitas torres, sua imponente estrutura lançando uma sombra tenebrosa. Uma leve névoa cobria o vale, obscurecendo levemente objetos distantes. O céu estava tomado por um branco pacífico, completando aquele cenário.





Seguindo um pouco na estrada, enfiado entre a estrada e a lateral de uma montanha estavam os finais dilapidados de uma pequena capela. O teto havia cedido já fazia algum tempo, e a estrutura feita de madeira e pedra estava coberta de terra, sujeira e vegetação. Fragmentos do que um dia havia sido uma janela de vidro colorido estavam no chão espalhados, criando um padrão vítreo de cores que era quase artístico naquele lugar, junto de pedaços de madeira apodrecida.

Estavam em Istrad. Por suas estimativas, tinham mais dois dias de viagem pela frente até alcançarem Nuitciel.

Citação :
Margot PV: 12/12 ~ CA:14
Kallisto  PV: 9/9 ~ CA:14
Elrantharlen PV:12/12 ~ CA:15
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
John Lessard
ADMINISTRADOR
avatar

Mensagens : 130

MensagemAssunto: Re: Os Perdidos e os Condenados [5E]   Sab Set 15, 2018 10:27 pm

Margot havia aceitado aquele trabalho pelo dinheiro obviamente, mas não conseguia tirar os outros dos outros dois sujeitos, desconfiada... Não admitia em voz alta, mas tinha problemas em confiar nas pessoas. Entretanto, talvez esse traço em especial ficasse evidente com suas caras e bocas, por isso sempre mantinha seu arco em mãos, uma flecha no joelho sempre servia como uma excelente aviso. Para melhorar seu humor e amenizar o clima de quase sempre silêncio de sua parte, a viagem seguia tranquila com aqueles dois quase totais estranhos. A paisagem compesnsava também devia admitir. Aquele lugar respirava livre de quase qualquer influência de guerra. Nenhuma delas.

Margot era uma moça atlética e esbelta, mas de olhar feroz. A pele clara e os cabelos de um loiro pálido. Trava roupas grossas e capa, de cores escures, marrom e verde musgo, ornando com o branco. Arco em mãos, aljava nas costas, perto da mochila e espadas presas as ancas.

Citação :



- Pode servir para passarmos a noite, mas... Só depois que tivermos certeza alguém ou outra coisa não teve a mesma ideia.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://forumdomamute.forumeiros.com
R1ck
JOGADOR
avatar

Mensagens : 16

MensagemAssunto: Re: Os Perdidos e os Condenados [5E]   Sab Set 15, 2018 11:09 pm

Caminhando de maneira até um pouco descuidada enquanto assobiava uma canção simples para tentar tirá-lo do marasmo, Elrantharlen estaca quando se aproximam da construção abandonada, cessando o próprio barulho enquanto observava com curiosidade suas características. Os braços, desnudos e totalmente marcados por tatuagens escuras carregadas de simbologia élfica e arcana, foram cruzados sobre o peito. Sua atenção se volta para a humana que fazia parte do grupo, de feições belas e também ferozes.

- Parece bom o suficiente. - Dá de ombros, aceitando a ideia.

Debaixo da pesada capa de viagem escura azulada que vestia, usava sua cota de malha por cima de um couro leve e cinzento que servia apenas para evitar que o metal incomodasse a própria pele. Usava botas altas que cobria toda a parte inferior de sua calça azul marinho e tinha uma espécie de saiote por baixo do cinto, que mantinha seu machado pendurado à esquerda de sua cintura. Mais para a direita pendia sua gamba, que não exercitava já havia alguns dias. O capuz sobre a cabeça deixava pouco do rosto à vista, já que, como sempre, seu cabelo prateado cobria quase toda metade esquerda de sua face, mantendo sua marca de guerra oculta.

Como se ficasse consciente do peso que carregava agora, o eladrin ajeita as alças da mochila sobre os ombros, caminhando com cautela na direção da entrada da pequena capela, tentando avistar seu interior antes de ter que adentrá-la. Olhava com alguma admiração ao padrão de cores gerado pelos cacos que outrora protegeram uma das janelas do lugar, evitando pisar neles para não causar muito barulho.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kairazen
JOGADOR


Mensagens : 54

MensagemAssunto: Re: Os Perdidos e os Condenados [5E]   Qua Set 19, 2018 10:31 am

Kallisto estava na estrada, uma coisa que gostava muito, embora estivesse atento a possíveis ladrões de estrada, ele não fazia muito esse tipo, preferia a agitação da cidade, onde é muito mais fácil de sumir na multidão, mesmo para alguém como ele. Seus companheiros de equipe ainda eram um mistério para ele, mas so pelo fato de ninguém reclamar da presença de um tiefling ja viu que provavelmente eram gente boa. Ao chegarem na velha capela, Margot vai dar a ideia de acamparem ali, Kallisto vai responde-la:


Citação :


Parece ser um bom lugar para dormir mesmo, se quiserem eu posso averiguar isso, se tiver algo eu aviso.

Kallisto trajava roupas leves e escuras, eram boas para sumir na cidade, mas nem tão uteis assim em campo aberto, andava com sua adaga em mãos, um arco curto preso as costas junto da aljava e sua mochila ao lado do corpo. Estava se sentindo seguro o suficiente para andar sem seu capuz, deixando sua aparência vista de todos, algo que não costumava fazer com tanta frequencia.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.checkpoint42.com.br/
Fenris
JOGADOR
avatar

Mensagens : 45

MensagemAssunto: Re: Os Perdidos e os Condenados [5E]   Qui Set 20, 2018 11:32 pm



Os três, em passos lentos, avançavam em direção à pequena e antiga capela. Se aproximaram do lugar com cuidado, Kallisto indo na frente, cumprindo sua função adotada de batedor. A vida furtiva lhe era útil nesses momentos. Atrás dele, Margot e Elrantharlen seguiam, olhos atentos e curiosos procurando vigiar a capela. Os olhos de Kallisto viram primeiro, mas logo a visão dos outros também foi banhada na cena inusitada que era apresentada naquela pequena capela.

Duas figuras vestindo trajes de couro e pano envelhecido sentavam-se em bancos de madeira podre com suas cabeças dobradas em reverência. De pé diante deles, no extremo fim da pequena capela, atrás do resto de um estande de madeira quebrado que um dia fora um altar, estava o líder daquela pequena congregação, braços abertos em reza. Não era necessária visão eficaz para reparar que todos os três estavam mortos, apenas esqueletos de certa forma vivos fazendo as rezas tradicionais.

O padre esqueleto viu o grupo, e fez um sinal com o braço para que se juntassem à eles em dois bancos apodrecidos ainda vazios, sem um som ser feito ou produzido. Parecia pacífico.

Citação :
Margot PV: 12/12 ~ CA:14
Kallisto PV: 9/9 ~ CA:14
Elrantharlen PV:12/12 ~ CA:15
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
R1ck
JOGADOR
avatar

Mensagens : 16

MensagemAssunto: Re: Os Perdidos e os Condenados [5E]   Sex Set 21, 2018 12:42 am

O eladrin olha para os companheiros de viagem de maneira inquisitiva, como se não entendesse o que via. Eles podiam sentir uma sensação de aconchego e satisfação emitida pelo viajante, ainda encapuzado. Haviam visto seu rosto durante a viagem, ao menos parcialmente. Seus cabelos prateados mantinham a parte superior da face esquerda escondida.

- Isso é um pouco perturbador. - Fala num tom quase inocente de curiosidade. - É comum por aqui? - O olhar percorrendo as faces de Margot e Kallisto, repousando nos esqueletos também posteriormente.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
John Lessard
ADMINISTRADOR
avatar

Mensagens : 130

MensagemAssunto: Re: Os Perdidos e os Condenados [5E]   Dom Set 23, 2018 12:28 pm

Margot seguia junto dos demais, mantendo seu olhar atento nas costas de Kallisto e nos arredores. Os dedos se tencionavam no arco, enquanto eladrin mantinham-se ao seu lado. De repente estacaram, com a cena grotesca em frente. Lentamente a arqueira puxou uma flecha de sua aljava e encaixou no arco e sem tirar os olhos dos esqueletos, respondeu a Elrantharlen.

Citação :



- Não que eu saiba...

Começou a rodear distante as figuras sinistras, de olhos estreitos, esperando pela reação dos demais, deixando claro que estaria pronta para disparar caso fosse necessário.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://forumdomamute.forumeiros.com
Fenris
JOGADOR
avatar

Mensagens : 45

MensagemAssunto: Re: Os Perdidos e os Condenados [5E]   Ter Set 25, 2018 11:29 pm



O esqueleto que liderava a cerimônia continuou seus movimentos de braço, a mandíbula se movendo sem nenhum som ser produzido, mas agia como se estivesse rezando. Aqueles sentados continuavam com a cabeça abaixada. O padre morto fazia sinal para que os três novamente se sentassem, parecendo ignorar o perigo que as armas dos visitantes ameaçava.



Ele não se virava para eles, mas os globos vazios pareciam acompanhá-los não importava para aonde se virassem.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kairazen
JOGADOR


Mensagens : 54

MensagemAssunto: Re: Os Perdidos e os Condenados [5E]   Qua Set 26, 2018 2:56 pm

A visão dentro da capela era bizarra, esqueletos rezando, e ainda mais, os convidando para isso. Nenhum dos outros dois sabia o que aquilo era, Kallisto nunca havia visto algo do tipo, ele vai responder aos dois:

Citação :


Não acho que seja prudente ficar aqui, vamos deixa-los com seus ritos.

Kallisto estava realmente preocupado, a igreja não via sua raça com bons olhos, estava temendo sofrer um possível ataque ali.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.checkpoint42.com.br/
R1ck
JOGADOR
avatar

Mensagens : 16

MensagemAssunto: Re: Os Perdidos e os Condenados [5E]   Qua Set 26, 2018 3:52 pm

O eladrin ouve ao tiefling e dá de ombros. Realmente não sabia o que tirar daquela situação. Não tinha problemas em entrar numa boa briga, mas talvez fosse imprudente nesse momento. Sabendo pouco dessas terras tão além de seus costumes de Arcadia, era mais fácil acreditar no bom senso daqueles que já vivem nessas terras ordinárias.

- Bom, já que o lugar está ocupado, deveríamos procurar outro? Ou desocupar esse? - Questiona despreocupadamente.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
John Lessard
ADMINISTRADOR
avatar

Mensagens : 130

MensagemAssunto: Re: Os Perdidos e os Condenados [5E]   Ter Out 02, 2018 5:16 pm

Margot abaixou o arco lentamente e deu de ombros.

Citação :


- Por mim... Podemos continuar.

Se fastou alguns passos.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://forumdomamute.forumeiros.com
Fenris
JOGADOR
avatar

Mensagens : 45

MensagemAssunto: Re: Os Perdidos e os Condenados [5E]   Ter Out 02, 2018 9:59 pm



- Esperem - Um voz sussurrou ao pé do ouvido de cada um deles, como se trazida pelo vento. O padre continuava seus ritos, e então estendeu uma bacia de pedra, velha e quebrada, retirada do altar. Nela, algumas moedas de prata repousavam. Os esqueletos sentados se ergueram, cada um depositando uma única moeda de prata dentro da bacia, e voltando a se sentar. Por fim, o padre estendeu a bacia aos três, como se aguardasse a doação.

Os outros mortos, sentados em seus bancos, apenas rezavam, ainda mudos.

Citação :
Margot PV: 12/12 ~ CA:14
Kallisto PV: 9/9 ~ CA:14
Elrantharlen PV:12/12 ~ CA:15
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
R1ck
JOGADOR
avatar

Mensagens : 16

MensagemAssunto: Re: Os Perdidos e os Condenados [5E]   Qua Out 03, 2018 12:09 pm

Elrantharlen observa a bacia com estranheza, então esboça um sorriso antes de virar as costas e começar a caminhar para sair dali, a mão ao lado do corpo, pronta para chamar a arma para sua mão se fosse necessário.

- Não é esse tipo de tributo que devo a meu deus. - Fala de maneira firme, já caminhando de volta à estrada. Não queria perder tempo ali, mas estava preparado para o combate se ele surgisse.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kairazen
JOGADOR


Mensagens : 54

MensagemAssunto: Re: Os Perdidos e os Condenados [5E]   Qui Out 04, 2018 11:10 am

Parecia que eles conseguiriam sair de lá sem problemas, mas antes que pudessem se afastar, o esqueleto estendeu uma bacia a eles, parecia que eles queriam que o grupo pagasse um dizimo, Kallisto vai dar meia-volta e dizer:

Citação :


Nem pensar, os deuses nunca fizeram nada por mim, não espere que eu derrame meu dinheiro por eles

Ele estava preparado para caso os esqueletos se enfurecessem, mas preferia morrer do que dar seu dinheiro a igreja.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.checkpoint42.com.br/
Fenris
JOGADOR
avatar

Mensagens : 45

MensagemAssunto: Re: Os Perdidos e os Condenados [5E]   Ter Out 09, 2018 11:22 pm



O esqueleto recolheu a bacia lentamente, quase dando a impressão de estar decepcionado. Os três recuaram, saindo da igreja e deixando o estranho culto pra trás, em seu teatro pós-morte. Se afastaram do lugar, e continuaram sua viagem pela estrada.

Cerca de duas horas de viagem se seguiram, o silêncio da estrada sendo cortado vez ou outra pelo vento e os barulhos de alguns poucos animais. O clima frio de Istrad doía os ossos, nenhum dos três sendo particularmente familiar com climas tão frios. Viajantes e mapas que haviam consultado antes diziam que os únicos lugares mais frios que Istrad eram quase do outro lado do mar, em Dramani e Arkeon. Mas havia algo de diferente ali. Uma fina neblina cobria o lugar, e as gotículas de água davam a sensação de penetrar na pele e gelar os ossos.

Chegaram por fim à uma barreira natural em sua viagem. Uma ravina separava os dois pontos de terra, conectada por uma ponte velha de pedra. A ponte parecia firme, mas uma quebra em sua lateral colocava esta aparência em dúvida. Era possível descer a ravina com escalada, logo repararam, mas parecia perda de tempo. Adicionaria horas de viagem.

Valia o risco?

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
R1ck
JOGADOR
avatar

Mensagens : 16

MensagemAssunto: Re: Os Perdidos e os Condenados [5E]   Ter Out 09, 2018 11:48 pm

O eladrin estava enrolado em seu manto enquanto caminhava, incomodado com a baixa temperatura e a umidade que só piorava a sensação térmica. Mesmo assim permanecia otimista, talvez conseguissem achar um abrigo em breve. Ao se aproximar da ponte de pedra de aparência fragilizada, sua expressão muda para o descontentamento.

- Ugh! Esse frio... Eu acho que posso testar a confiabilidade dessa ponte, se ninguém tiver uma ideia melhor. - Se oferece enquanto se aproxima do início da ponte, calculando a distância que seria segura para avançar e ainda contar com seu passo feérico. Também procurava por sinais claros da situação da estrutura da construção. Talvez pudesse perceber algo sem ter que se arriscar.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
John Lessard
ADMINISTRADOR
avatar

Mensagens : 130

MensagemAssunto: Re: Os Perdidos e os Condenados [5E]   Qua Out 10, 2018 11:06 am

Margot deixou a igreja para trás com um frio na espinha, mas ainda assim pronta pra meter flechas naqueles esqueletos bizarros. O trio então continuo, retomando o silêncio monótono, quebrado apenas pelos sons de passos, o cento que cortava friamente e o barulho de alguns animais que nunca se revelavam. Finalmente pararam diante de uma ponte. Prontamente um deles se ofereceu para averiguar a ponte e Margot achou isto bastante fortuito.

Citação :



- Bom, vá em frente então...

Disse, com o arco em mãos.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://forumdomamute.forumeiros.com
Kairazen
JOGADOR


Mensagens : 54

MensagemAssunto: Re: Os Perdidos e os Condenados [5E]   Qui Out 11, 2018 3:07 pm

Kallisto vai ficar aliviado ao deixar aquela igreja, ele temia que os esqueletos desaprovassem aquela atitude. Mas pelo menos estavam de volta na estrada, embora aquele clima frio estivesse terrível, Kallisto tinha sua adaga em mãos, preparado para qualquer infortúnio, a caminhada os levou ate uma ponte velha, e o guerreiro ja havia se oferecido para testar, mas antes disso Kallisto vai dizer:

Citação :


Calma, essa ponte parece estar bem velha, vamos ver se a ravina não e muito funda, pode ate ser mais seguro cruzar por ela.

Kallisto vai andar ate a borda da ravina, tentando ver o fundo dela.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.checkpoint42.com.br/
Fenris
JOGADOR
avatar

Mensagens : 45

MensagemAssunto: Re: Os Perdidos e os Condenados [5E]   Ter Out 16, 2018 10:21 am



O vento frio continuava a consumir o local, produzindo um uivo que parecia vir das montanhas com sua corrente de ar. Se separando, Elrantharlen e Kallisto foram em direções diferentes enquanto Margot ficava para trás, esperando o relatório dos dois. A mesma fina névoa cobria o ambiente, dando-lhe um visual opaco. Ainda assim, Kallisto conseguia ver a ravina sob a ponte. Talvez com algum esforço, conseguissem atravessá-la e subir para o outro lado. Adicionaria algumas horas à sua viagem toda a descida e subida, claro. Talvez tivessem de acampar mais que o necessário nos ermos. Isso se não houvesse nada lá embaixo, claro. Mas se a aparência antiga da ponte fosse algum sinal, talvez de fato fosse mais seguro.

O eladrin se aproximou da ponte, procurando qualquer coisa suspeita. A névoa diante de seus olhos cobria a ponte, parecendo ficar levemente mais densa na mesma, a pedra molhada do parapeito batendo na altura de sua cintura. Mas Elrantharlen nada viu que pudesse de fato atrapalhá-los ou oferecer perigo.




Citação :
Kallisto:  PV 09/09 ~ CA 14  
Elrantharlen: PV 12/12 ~ CA 15
Margot: PV 12/12 ~ CA 14
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
R1ck
JOGADOR
avatar

Mensagens : 16

MensagemAssunto: Re: Os Perdidos e os Condenados [5E]   Seg Out 22, 2018 2:35 pm

O eladrin observa a ponte uma nova vez e se aproxima do limite "norte" dela. Tira da mochila sua corda, checa o gancho e testa sua firmeza. Com a corda enrolada num dos braços e a ponta do gancho na outra, ele respira fundo. Por mais velha que fosse a ponte, ainda era uma ponte de pedra. Se fosse de madeira, o risco provavelmente seria maior.

Então se move. Num movimento rápido e o mais suave possível, Elrantharlen corre sobre a ponte visando alcançar o ponto mais próximo possível do outro lado. Estava preparado para usar seu passo feérico caso a ponte cedesse. Se não, iria utilizá-lo ao terminar seu movimento, buscando parar após a ponte, livre de seus supostos perigos.

Citação :
Elrantharlan usa o dash pra se mover por 60 pés, então ação bônus pra Fey Step.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fenris
JOGADOR
avatar

Mensagens : 45

MensagemAssunto: Re: Os Perdidos e os Condenados [5E]   Seg Out 22, 2018 10:59 pm




O eladrin disparou pela ponte, buscando chegar ao outro lado rapidamente, quando sentiu algo prendendo seus pés. Tentou se soltar, a fina névoa finalmente revelando o que escondia na ponte. Como seda, mas resistente como aço. Kallisto viu, de fora, quando duas sombras enormes começaram a se mover sob a ponte, subindo imediatamente para cima da mesma. Oito patas sustentavam um corpanzil enorme e gordo, se movendo com delicadeza que não pareciam pertencer àquelas coisas. Uma delas possuía apenas um corpo liso e com aparência rígida e polida; a outra, um corpo tomado por pelos escuros e com aparência intimidadora.

As duas enormes aranhas se posicionaram na ponte lançando suas bocas contra o eladrin, preso em suas teias. Mas, talvez por um golpe de sorte, ele escapou dos ataques, ficando entre as duas, preso ali. Como o jantar futuro daquelas duas aberrações.

Talvez tivesse sido melhor descer a ravina.




Iniciativa escreveu:

Aranha Gigante
Aranha-Lobo Gigante
Kallisto
Elrantharlan
Margot

Citação :
Kallisto:  PV 09/09 ~ CA 14  
Elrantharlen: PV 12/12 ~ CA 15
Margot: PV 12/12 ~ CA 14
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kairazen
JOGADOR


Mensagens : 54

MensagemAssunto: Re: Os Perdidos e os Condenados [5E]   Ter Out 23, 2018 3:11 pm

Kallisto estava pronto para falar que seria melhor ir por baixo, mas antes que pudesse falar, o elfo foi atacado por duas aranhas gigantes, ele era bem veloz, conseguindo desviar dos ataques delas. Kallisto aproveitou que elas estavam distraídas e se aproximou de uma para desferir um ataque com sua adaga, mirou o ataque em seu abdômen, mas a euforia quase o fez errar o ataque, conseguindo corrigir a trajetória da lamina, acertando a criatura.

Citação :


Maldição, isso aqui é uma bela duma armadilha.

Agora que estava mais proximo da ponte, podia ver que sob ela tinham corpos presos em teias, as ultimas vitimas provavelmente, e nas mãos de uma havia algo brilhante, que chamou demais a atenção de Kallisto, ja planejava como desceria lá apos aquele combate.

Citação :
Kallisto vai se aproximar furtivamente da aranha mais próxima (Furtividade 20) e vai rolar um ataque com vantagem contra a aranha (melhor resultado 13, dano 6) e o sucesso no teste de Percepção (23), permitiu ver os corpos sob a ponte.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.checkpoint42.com.br/
R1ck
JOGADOR
avatar

Mensagens : 16

MensagemAssunto: Re: Os Perdidos e os Condenados [5E]   Ter Out 23, 2018 3:59 pm

Elrantharlen havia evitado os ataques com o círculo arcano em forma de escudo em uma de suas mãos e, num movimento rápido, ergue a outra mão sobre a cabeça, seu machado seguindo diretamente para a mesma.

- Tul a, hyanda! - Brada enquanto um brilho esverdeado pode ser visto por baixo da franja que tapava um de seus olhos.

Imediatamente surgem de baixo para cima, como numa dança, uma onda circular de lâminas, que se expande na direção das aranhas. Uma delas havia conseguido se afastar a tempo, mas a outra teve pequenos cortes marcados em seu corpanzil.

Citação :
Bonus Action: chamo o machado com Weapon Bond
Action: Cantrip ~ Sword Burst
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
John Lessard
ADMINISTRADOR
avatar

Mensagens : 130

MensagemAssunto: Re: Os Perdidos e os Condenados [5E]   Ter Out 23, 2018 4:39 pm

Margot fez uma careta quando aquelas coisas asquerosas saíram de debaixo da ponte, ela odiava aranhas. Elran parecia preso e Kalisto se apressou em saltar sobre uma delas, a pegando desprevenida e desferindo um corte. O outro usava de sua mágica, mas parecia estar numa situação não muito boa. A arqueira então recuou alguns passos, e fez mira, logo após encaixar uma flecha em seu arco. Não estava afobada, respirou fundo e disparou. A seta voou certeira, passando ao lado da cabeça de Elran e enterrando-se num dos olhos da criatura. A aranha se contorceu, ergueu o corpo e caiu de costas, com as patas recolhidas.

Citação :



- Tsc...

Citação :
Off:

recuo 4 quadrados
Ataque na aranha marrom, (12) + 7 = 19, dano (7) + 3 = 10
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://forumdomamute.forumeiros.com
Fenris
JOGADOR
avatar

Mensagens : 45

MensagemAssunto: Re: Os Perdidos e os Condenados [5E]   Sex Out 26, 2018 9:01 am




A aranha castanha e coberta por pelos tombou morta na ponte, pernas comprimidas no corpo. E então, repentinamente começou a convulsionar. No que Elrantharlen, que estava mais perto, podia definir como a barriga da criatura, começou à haver movimento. Como se algo se movesse ali. E então, o abdomen do artrópode morto se rompeu, liberando uma barragem que parecia interminável de aranhas do tamanho de um punho. Elas andavam quase juntas e um padrão caótico, formando um carpete vivo de horrores naquela ponte. E haviam duas belas refeições de nascimento logo aonde estavam.

A outra aranha aproveitou aquele momento para atacar o eladrin, mas os reflexos já treinados do guerreiro arcano novamente lhe foram úteis, e ele desviou sem nem ao menos reparar.




Iniciativa escreveu:

Aranha Gigante
Kallisto
Elrantharlan
Margot
Aranhas

Citação :
Kallisto:  PV 09/09 ~ CA 14  
Elrantharlen: PV 12/12 ~ CA 15
Margot: PV 12/12 ~ CA 14
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Os Perdidos e os Condenados [5E]   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Os Perdidos e os Condenados [5E]
Voltar ao Topo 
Página 1 de 3Ir à página : 1, 2, 3  Seguinte
 Tópicos similares
-
» [Classica] A lenda do tesouro perdido.
» O sangue dos condenados [Mundo dos mortos] Raphael Moura, Aron tinuviel e Cedar Wave

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Fórum do Mamute :: PbF (Play by Fórum) :: Campanhas :: Fenrisverso-
Ir para: