InícioInício  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-se  

Compartilhe
 

 ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10  Seguinte
AutorMensagem
DiceScarlata
JOGADOR
DiceScarlata

Mensagens : 163

ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO   ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 EmptySeg Nov 12, 2018 3:21 am

Angra dos Cabelos de Fogo!

ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 2mzcz2f

- Tsc... Sou inútil com isto. 

*Angra limpou o sangue em sua face e agarrou a besta, junto com a aljava de virotes* 

-
DELILAH! Você é uma ranger certo? Não assumo que seja sua arma favorita, mas por enquanto isto é seu. Use para acabar com estes explosivo. 

*Atira ambos na direção de Delilah. Depois disso, pisa em seu escudo, que sobe num movimento giratório para sua mão e se abaixa para pegar a espada* 

AÇÃO:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Aldenor
JOGADOR
Aldenor

Mensagens : 132
Localização : Curitiba

ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO   ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 EmptySeg Nov 12, 2018 3:17 pm

Cecília encarava os poucos kobolds ainda de pé, resistindo e lutando. Ela não se sentia bem em atacá-los mais.

ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 MFXkhLaEles continuam lutando... não vêem que já perderam?

Então, ela lembrou que os kobolds eram aparentados aos dragões e, por isso, talvez entendessem o idioma.

ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 3N8Dy7vAlix ekess ve, petissei. Wux shilta jaseve tenpiswo takh sjek wux trox spical. Yth geou ti svent astahi sjek astahii jaseve udoka loaw. Gethrisj mojka!!

Disse para os kobolds esticando a mão para apontar uma direção qualquer.

Um deles respondeu depois de olharem confusos para a feiticeira. Sua linguagem era arrastada, cheia de nuances e sotaque. Pareciam "caipiras" falando uma língua tão ancestral. Cecília entendeu tudo, claro.

ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 CNEYNphEles... eles têm medo de morrer nas mãos da tal "Mãe". Ela os amedronta mais do que nós. 

Vur svaust ui nomeno dask svaust renthisjic? Svaklar ui jaciv?

Perguntou aos kobolds.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fenris
JOGADOR
Fenris

Mensagens : 77

ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO   ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 EmptySeg Nov 12, 2018 10:30 pm

ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 Divider-clipart-forum-6

Agarrou a besta e os virotes no ar, focando os olhos amarelos nos próximos alvos. Rodopiou o braço para posicionar a arma em sua mão, posicionando seu corpo para se ajoelhar e apoiar a besta com a outra mão, enquanto a cimitarra deslizava com a velocidade de um relâmpago para a bainha. Sem pensar duas vezes, fez mira precisa com a arma entregue por Angra e... Estava descarregada.

Delilah escreveu:
ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 DdIaAk2
- Isso foi um belo corta-clímax.

Levou a mão esquerda novamente ao chão e arremessou uma pedra contra a cabeça de outro kobold, que também tombou morto como o primeiro.

Delilah escreveu:
ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 DdIaAk2
- Essas são umas belas pedras.


ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 Divider-clipart-forum-6

OFF escreveu:
Atira contra o kobold em C2. Ele morre.


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
fantasmageek
JOGADOR


Mensagens : 27

ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO   ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 EmptyQui Nov 15, 2018 11:26 pm

Roselynn continuou escondida, suas mãos tremiam. 

"Quem é você?"
"Sem identidade..."
"Sem razão"
"Por que age?"
"Respira por que motivo?"
"Ouve as panelas?"
"Ouve os gritos?"
"O Branco está escapando."
"E quem é você para impedir?"


Olhou ao seu redor, nada mais via além do Branco. Agora não mais via apenas os kobolds como lobos, estava apenas cercada deles. Sentia o bafo dos monstros, o cheiro de sangue tomando suas narinas. Olhou para seus braços, sentindo algo gelado correndo em suas veias. Sentia como se fosse tomada pelo Branco. 
Talvez fosse o veneno de Delilah? Mas a estranha, porém cativante, companheira não estava em lugar algum ao seu redor.
Levantou-se e tentou atirar em um dos lobos (seriam mesmo lobos?), porém assim que colocou a flecha no arco, sentiu o Branco passando de suas mãos para sua arma. Aos poucos a energia negativa tomava seu leal arco.
Soltou a flecha, atirando-a sem muito ver, mais pelo desespero. Contudo era tarde demais. Ouviu o uivo dos lobos, viu o Branco saindo da ponta de seus dedos e infectando seu arco, percorrendo o caminho que antes era a jornada diária da seiva em uma árvore. Agora o Branco se utilizava do mesmo caminho criado pela natureza, corrompendo a benção da Dama.
Soltou um grito involuntário e se encolheu ainda mais num canto.
Sentia-se entorpecida, era como o uivo dos lobos fosse a nova canção que guiava seu ser, e agora aos poucos seu sangue, seu corpo, estivesse se esvaziando.

Spoiler:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
0_Sol
JOGADOR


Mensagens : 102

ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO   ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 EmptySex Nov 16, 2018 1:40 pm

O combate estava perto do fim.
Delilah matara outro na base da pedrada, e Roselynn parecia confusa.

Cecilia decidiu agora conversar com os kobolds, e disse coisas preocupantes...

Mesmo assim essa operação não tinha mais volta. A não ser que os lagartinhos se rendessem completamente.

Com esses pensamentos na cabeça Ikarus preparou mais uma flecha, retesou a corda do arco e atirou.

Talvez por ter coisas demais na cabeça, ou por dó dos lagartinhos. Não importa o motivo. Mas a flecha errou o alvo.

A elfa ainda se moveu.

AÇÃO:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
John Lessard
ADMINISTRADOR
John Lessard

Mensagens : 201

ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO   ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 EmptySex Nov 16, 2018 2:50 pm

Parte 3 - A Caverna dos Kobolds

ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 WyrmGuard_Kobolds_by_DaveAllsop

Os kobolds se entreolharam, resmungam algo, mas não respondem mais Cecília. Duas flechas voaram pelo ar da caverna, Roselynn e Ikarus, porém ambas encontram rochas e não carne kobold. As criaturas se movem, girando suas fundas. A primeira pedra bate na parede ao lado de Angra, a segunda acerta o meio da testa de Ikarus, num pancadinha dolorida.

Citação :
Ikarus sofre 1 ponto de dano

ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 Photo516

Iniciativa :
 

Citação :
Fichas e Status
Roselynn: <> PV 18/19 <> CA 16/16 <> PM 0/0 <> PE: 0/0 <> PA: 1 <> Condição:
Cecília: <> PV 3/14 <> CA 21/13 <> PM 7/10 <> PE: 0/0 <> PA: 1 <> Condição:
Angra: <> PV 19/29 <> CA 19/19 <> PM 0/0 <> PE: 1/3 <> PA: 2 <> Condição:
Ikarus <> PV 16/20 <> CA 18/18 <> PM 6/8 <> PE: 0/0 <> PA: 1 <> Condição:
Delilah: <> PV 12/22 <> CA 18/18 <> PM 0/0 <> PE: 3/3 <> PA: 1 <> Condição:
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://forumdomamute.forumeiros.com
DiceScarlata
JOGADOR
DiceScarlata

Mensagens : 163

ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO   ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 EmptySeg Nov 19, 2018 12:00 am

Angra dos Cabelos de Fogo!

ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 2mzcz2f

- Admiro estes pequenos. Ficam. Persistem. 

*Angra recolhe espada e escudo e se poe de pé. Ergue ambos em direção a eles* 

-
Vamos. Estes guerreiros nos desafiam até o fim. Não se segurem. Em respeito a sua força, determinação... E desespero... Vamos acabar com eles com tudo. 

*E encarou Cecilia, compartilhando o entendimento do que é a situação deles* 


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Aldenor
JOGADOR
Aldenor

Mensagens : 132
Localização : Curitiba

ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO   ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 EmptySeg Nov 19, 2018 12:12 am

Cecília entendia o que devia fazer, mas não queria. As palavras de Angra deram um outro prisma sobre a situação e, colocando em perspectiva, era impreterível matá-los para continuar.

ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 Wya8PDsArcaniss... nil'gnosi...

Disse sem vontade e dois dardos místicos serpentearam até os dois últimos kobolds pondo fim às suas existências.

Suas mãos caíram lentamente e seus cabelos fizeram sombra ao seu rosto.

Nada disse, só restava seguir.

Ação de Cecília escreveu:
Ação padrão: conjura mísseis mágicos (1 PM) e causa 4 de dano no kobold d-2 e 7 no kobold d-1
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
John Lessard
ADMINISTRADOR
John Lessard

Mensagens : 201

ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO   ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 EmptySeg Nov 19, 2018 10:23 am

Parte 3 - A Caverna dos Kobolds

ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 WyrmGuard_Kobolds_by_DaveAllsop

Após a queda dos dois últimos guerreiros kobolds, o grupo decidiu em seguir pelo caminho da esquerda. Avançaram por um túnel amplo de rochas naturais. Em dado momento, tiveram que escolher se continuavam reto ou se adentravam por uma passagem a direita. Delilah analisou o solo, mas tudo que encontrou fora sinais que kobolds transitavam por ali, o que era bem óbvio. Optaram então em continuarem por aquele caminho, deixando a passagem e tudo que guardava para trás.

A fila seguia numa formação sugerida por Angra e a paisagem não mudava, túnel de rochas naturais, com o ar quente e úmido. Por sorte, não encontraram mais nenhuma patrulha. Ao se aproximarem de uma curva na caverna, entretanto, todos ficaram estáticos. Um relance vermelho se moveu na escuridão e então, o horror. O réptil vermelho deveria ter metro e metros da ponta do crânio até a o final da cauda escamosa. Os chifres eram como espinhos, pontas de lanças gigantes. As asas se agitaram, enormes. Do fundo da garganta, o fogo parecia querer escapar, enquanto os miravam com olhos de ouro derretido.

ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 0a3030fc3e333aa36e12e8c9c694adf1

Todos então perceberam, como a imagem que deveria ser real, tremeluzia, um olhar mais atento daqueles de força de vontade maior, que aquilo era uma ilusão. Se permitiram se acalmar então, enquanto a imagem se desfazia no ar. Angra ainda viu de canto de olho algo brilhar no canto, remexeu a terra e encontrou um  baú de madeira, dentro dele deveria existir por volta de seiscentas moedas de prata. Do outro lado, o caminho continuava, seguindo por uma curva escura.

Citação :
Todos recebem 444 XP, Ikarus sobe ao nível 3
Angra encontra 600 TP

Citação :
Fichas e Status
Roselynn: <> PV 18/19 <> CA 16/16 <> PM 0/0 <> PE: 0/0 <> PA: 1 <> Condição:
Cecília: <> PV 3/14 <> CA 21/13 <> PM 6/10 <> PE: 0/0 <> PA: 1 <> Condição:
Angra: <> PV 19/29 <> CA 19/19 <> PM 0/0 <> PE: 1/3 <> PA: 2 <> Condição:
Ikarus <> PV 16/20 <> CA 18/18 <> PM 6/8 <> PE: 0/0 <> PA: 1 <> Condição:
Delilah: <> PV 12/22 <> CA 18/18 <> PM 0/0 <> PE: 3/3 <> PA: 1 <> Condição:
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://forumdomamute.forumeiros.com
Aldenor
JOGADOR
Aldenor

Mensagens : 132
Localização : Curitiba

ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO   ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 EmptySeg Nov 19, 2018 11:21 am

Cecília andava cabisbaixa e apática. Os corredores rochosos a seguir estavam quentes e úmidos. Talvez seja isso que a deixava daquele jeito.

Quando chegaram a uma curva na caverna, viram um dragão vermelho. Cecília estacou com olhos arregalados. Mas, depois de acostumar com iluminação de sua tocha, ela percebeu algumas falhas... não era um dragão real, mas uma imagem feita para assustar.

ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 JfLJey6É uma... bom, vocês perceberam, não é?

Disse com desleixo e viu Angra achar um baú com moedas. Cecília não tinha cabeça para perceber que estava enriquecendo, mas sabia da importância de se dividir pelo menos o peso daquelas moedas.

Não podia se entregar ao desânimo. Era uma feiticeira, antes de tudo, e fazia parte do bando de Angra. Podia ser útil com alguma coisa além de disparar magias de destruição.

ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 CNEYNphEr... essa ilusão não foi provocada por um conjurador. Então, podemos ficar tranquilas... mas não muito! Pois a própria caverna emana um poder dracônico forte. Está impregnada como se um dragão antigo tivesse vivido aqui. Espero que ele não viva mais nos dias de hoje, pois teríamos problemas...

Disse, enfim, tentando se animar.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
John Lessard
ADMINISTRADOR
John Lessard

Mensagens : 201

ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO   ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 EmptyQua Nov 21, 2018 10:05 pm

Parte 3 - A Caverna dos Kobolds

ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 WyrmGuard_Kobolds_by_DaveAllsop

Após os eventos com a ilusão com o dragão, o grupo decidiu continuar em frente. Percorreram uma curva sombria no túnel de rochas e continuaram, por quase dez minutos. Passaram perto de uma passagem que levava a uma câmara escura, mas persistiram em continuar em frente, em breve encontraram uma câmara maior, talvez a maior de toda o complexo. De uma lado, viram as crianças acorrentadas a parede de pedra fria, mas o que chamava a atenção, era a mulher do outro lado, os esperando. O grupo então é recebido por uma figura altiva, recostada a um grande trono rudimentar, erguido com ossos de dragão. É uma mulher humana, ainda jovem, mas exalando vontade e confiança. Nas mãos, uma lança cintilante. Nos adereços, faces de dragão. Ela olha com raiva e desprezo incontidos, e cospe suas palavras:

Citação :

ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 Enora10

- Então, vieram me matar... Quero vê-los tentar - ela se ergue, lança em punho, e grita alto - Observe, senhor! Ofereço este sangue, para que beba em sua taça!

Entre o grupo e ela, uma patrulha de kobolds, acompanhados por dois daqueles lobos dracônicos. As criaturas eram mais rápidas aqui, um correu com sua lança em riste contra Angra. Não situação e na coragem da criatura, a lança ultrapassou suas defesas e fez um pequeno corte em seu rosto. Outros dois avançaram com Delilah, que desviou quase ao mesmo tempo duas pontas rústicas com sua cimitarra. Os demais kobolds começavam a cercar o grupo.

Citação :
Angra sofreu 1 ponto de dano

ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 Batalh11

Iniciativa :
 

Citação :
Fichas e Status
Roselynn: <> PV 18/19 <> CA 16/16 <> PM 0/0 <> PE: 0/0 <> PA: 1 <> Condição:
Cecília: <> PV 3/14 <> CA 21/13 <> PM 6/10 <> PE: 0/0 <> PA: 1 <> Condição:
Angra: <> PV 18/29 <> CA 19/19 <> PM 0/0 <> PE: 3/3 <> PA: 2 <> Condição:
Ikarus <> PV 16/20 <> CA 18/18 <> PM 6/8 <> PE: 0/0 <> PA: 1 <> Condição:
Delilah: <> PV 12/22 <> CA 18/18 <> PM 0/0 <> PE: 3/3 <> PA: 1 <> Condição:
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://forumdomamute.forumeiros.com
fantasmageek
JOGADOR


Mensagens : 27

ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO   ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 EmptySab Nov 24, 2018 3:11 am

Roselynn observava a nova luta ameaçar a iniciar-se em sua frente. 
Balançou a cabeça, cabisbaixa. Ainda sentindo os efeitos de seus momentos de crise durante a última batalha.
Enquanto se escondia anteriormente, em pânico, suas companheiras continuaram a lutar e com força e determinação derrotaram os kobolds restantes que lhes cercavam. Começara a questionar sua própria identidade, sentindo um vazio enorme dentro de si e cada vez mais aumentando o vazio que a distanciava do grupo.

"Como irão confiar em alguém que nem entende o que vê?"
"Como irão gostar de alguém que mal discerne a verdade da mentira?"
"Você vive na mentira."
"O bastante até se tornar uma."
"A Dama depende de alguém que nem define o que é!"

Sacudira-se ao se levantar de seu esconderijo e continuaram a adentrar a caverna. Logo, mais um obstáculo, um enorme dragão vermelho aparecera. Entretanto mal o notara e o mesmo dissolvera-se, fruto de uma ilusão. Fez menção a continuar andando quando registrou as palavras da Rainha e reações de suas companheiras e parou. 
Aquela abençoada pela graça da Dama, com poderosas asas, retirava um baú em meio a sujeira e a Rainha continuava altiva. Delilah e Angra não pareciam muito abaladas também.

Como não se abateram pela ilusão?

Pensou em perguntar à elas, mas sua natureza retraída a impediu. Linete teria a empurrado em meio as outras caso estivesse presente, porém a amiga não estava ali. 

Continuaram a caminhada até a área em que agora se encontrava. Olhou ao seu redor, observando os kobolds, os prisioneiros, a mulher no trono e suas companheiras, que continuavam a encarar aquela premonição de batalha com altivez.

"Egoísta."
"Pensa que só você tem problemas?"
"Quem é você para prejudicar os outros?"
"Apenas porque tem um Objetivo maior?"
"Quem lhe garante que não há outros Escolhidos?"

Olhou para as belas asas vermelhas da companheira e sem perceber entendeu o pedido que seu coração ansiava, mas ainda assim dificilmente falara em sua vida.

Desculpem-me. 

Deu um suspiro e então observara a Rainha.

"Pedir desculpas!"
"Como se merecesse!"
"Elas irão usar sua força para sair daqui e depois lhe largar."
"Força? Que força? Está mais fraca do que nunca!"
"Não sabe quem é e ainda pede a caridade alheia."
"Já fez muitos erros para sequer pedir confiança."

Sorriu e sentiu-se acender novamente por dentro.

Eu não irei pedir sua confiança. Mas agora vejo a coragem e determinação daqueles que me cercam.
Se quiserem me descartar? Sorte a minha por ter aprendido algo com elas! E então poderei seguir mina jornada, mas ...

Caminhou até estar ao lado da Rainha.

ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 0c887f0673d3fe50da26e38ae7bc9374
 - Enquanto estiver aqui, vou recolher meu egoísmo e presunção e me fazer valer. - Fez um curto aceno com a cabeça em respeito à Rainha - Vou fazer valer sua companhia, Vossa Alteza.

Roselynn respira fundo, ainda incerta, mas determinada e ergue o arco. Encaixa a flecha com fluidez e para, encarando a mulher no trono.

ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 Cat10 - Acredito que a nossa líder até poderia pensar em apaziguar tudo por um momento. - Falou alto, para que a mulher a ouvisse. Sentiu a insegurança e engoliu fundo, firmando-se de vez.

- Porém se tem algo que aprendi com minhas companheiras - passou o olho sob todas, parando um momento no ferimento de Angra -  É que elas defendem e protegem umas as outras. - Voltou a mirar a mulher, com certa altivez no olhar.

- E não deixam barato para quem tenta impedir nosso caminho. - sorriu maliciosamente.
Soltou a corda e atirou num dos kobolds perto de Angra, ainda sorrindo enquanto ele é atingido, com apenas um pensamento, acima de toda cacofonia:

Serei responsável pelo meu Destino e me tornarei quem verdadeiramente almejo ser para alcançá-lo

Spoiler:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Aldenor
JOGADOR
Aldenor

Mensagens : 132
Localização : Curitiba

ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO   ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 EmptySeg Nov 26, 2018 7:54 am

Depois de alcançarem uma nova caverna, uma nova ameaça. Lobos dracônicos, kobolds e uma mulher jovem, mas determinada. Sentia-se acuada, paranoica. Cecília logo se preparou, mas subitamente os kobolds irromperam em chamas numa explosão... Rose havia atingindo um deles que explodiu. Dessa vez, felizmente, Cecília se viu fora do alcance.

Angra fora ferida, embora não muito. Cecília se preocupava com os lobos e decidiu atacá-los.

ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 UDHkY98Viemos resgatar as crianças, mulher-dragão. Saiba que está diante da Rainha Eterna, uma dragoa dourada, outrora governante de Agadir e vim aqui acabar com os sacrifícios!

Arcaniss Nil'gnosi!!

Seus dardos místicos se dividiram e serpentearam até atingir as fuças dos dois lobos.

Ação de Cecília escreveu:
Padrão: conjurar mísseis mágicos (1 PM) no lobo em i-1. Dano 10.
Movimento: se desloca para c-3.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fenris
JOGADOR
Fenris

Mensagens : 77

ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO   ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 EmptySeg Nov 26, 2018 8:02 pm

ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 Divider-clipart-forum-6

Não havia mais tempo para conversa. A garota disparou quando os kobolds morreram, ignorando o resto do cenário ao seu redor. Tinha dois alvos: a tal Mãe e um dos lobos no caminho. Levou a mão ao seu cinto de poções, cimitarra na mão esquerda, e correu o máximo que podia. Puxou um frasco que continha um líquido de cor branca e textura grossa. Seria exatamente aquele que precisaria usar. Mas precisava lidar com o lobo antes. Parou ao lado da criatura, poeira se movendo com sua freada brusca. Moveu a cimitarra quando a criatura se virou para ele, fincando no estômago do inimigo, o abrindo da virilha até o estômago. Sangue escorreu junto com pedaços de tripas, voando contra o rosto da caçadora, que arremessou a criatura de volta. Ainda viva, mas ferida. Levou a mão até o cinto, e se preparou para tomar. A criatura ganiu no chão, seus interiores sendo esparramados. Um movimento rápido da espada e sua garganta foi aberta, a dor da besta sendo interrompida.

Não havia valor na dor de nenhuma criatura.
ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 Divider-clipart-forum-6

OFF escreveu:
Se desloca até I2 e ataca o lobo em I1. 19 de dano. Ele sangra por 1 rodada.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
John Lessard
ADMINISTRADOR
John Lessard

Mensagens : 201

ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO   ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 EmptyTer Nov 27, 2018 12:20 pm

Parte 3 - A Caverna dos Kobolds

ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 WyrmGuard_Kobolds_by_DaveAllsop

Roselynn era a mais rápida e por isso após andar, quase saltitar, poucos passos, disparou outra flecha certeira contra um kobold. A criatura fora varada e caiu rapidamente, porém em instantes seu corpo estava repleto de bolhas de puro fogo. O corpo explodiu e levou dois outros com ele. Angra já se antecipando ergueu seu escudo com rapidez e sentiu apenas os braços serem chamuscados, tentando ultrapassar armadura e tecido.

Citação :
Angra sofreu 5 pontos de dano

Cecília se posicionava melhor e disparava seus dardos de energia púrpura rodopiantes pelo ar, chocando-se com um dos lobos, que soltou um ganido. Delilah correu na direção da criatura, quase que atrás da magia de Cecília. Sua cimitarra cortou o ar quando terminou sua investida, encontrando a carne logo depois. A criatura rodopiou no ar numa explosão de sangue e tripas, como num espetáculo grotesco.

A mulher contorceu seu rosto numa careta.

Citação :

ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 Enora10

- Malditas sejam, mas não podem derrotar o exército do dragão verdadeiro...

Ergueu suas mãos e inúmeros kobolds começaram a surgir, de cantos escuros, de trás de pedras, até do meio da terra.

Citação :

ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 Enora10

- Sim, sim, venham meus lacaios!

ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 Batalh12

Iniciativa :
 

Citação :
Fichas e Status
Roselynn: <> PV 18/19 <> CA 16/16 <> PM 0/0 <> PE: 0/0 <> PA: 1 <> Condição:
Cecília: <> PV 3/14 <> CA 21/13 <> PM 6/10 <> PE: 0/0 <> PA: 1 <> Condição:
Angra: <> PV 13/29 <> CA 19/19 <> PM 0/0 <> PE: 3/3 <> PA: 2 <> Condição:
Ikarus <> PV 16/20 <> CA 18/18 <> PM 6/8 <> PE: 0/0 <> PA: 1 <> Condição:
Delilah: <> PV 12/22 <> CA 18/18 <> PM 0/0 <> PE: 3/3 <> PA: 1 <> Condição:
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://forumdomamute.forumeiros.com
DiceScarlata
JOGADOR
DiceScarlata

Mensagens : 163

ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO   ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 EmptySex Nov 30, 2018 11:48 am

Angra dos Cabelos de Fogo!

ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 2mzcz2f

- Uma batalha entre generais não é? 

*Angra sentiu o coração se tornar aflito. Apertou a espada com mais força. A vida de seus amigos. A dos reféns. Tudo em poder de suas decisões e na força do grupo. E respirou fundo e abriu os olhos novamente* 

- Escutem. Isso não vai acabar, enquanto esta mulher estiver ali para comandar os Kobolds. Eles não desistiram antes, mas talvez por tê-la por trás dos fios. Rose!! Suas flechas serão vitais. Os kobolds podem explodir, então atinja os que estiverem perto dela, isso vai nos dar um chance de causar maior dano.  Cecilia, eu cuidarei da defesa e dos lobos, concentre sua magia na mulher... E acima de tudo, em sobreviver. Ikarus, meu corpo está ferido, mas confio na sua decisão, analise o melhor momento para curar nossas forças e auxilie em ferir a mulher.  E TODOS VOCÊS!! ESPALHEM-SE!! SE FICARMOS JUNTOS, SEREMOS ALVOS DA EXPLOSÃO!!

*Encarou com o canto do rosto* 

- Vc é a chave da nossa vitória, saiba disso. 

*E por fim gritou a Delilah* 


- Delilah! Espere sua chance de chegar a general. Até lá, ajude-me a reduzir os inimigos!!!!! Haja livremente!

*Ergueu o escudo e avançou ante o inimigo* 

- VAMOS!! AVENTUREIRAS!! MULHERES DESCENDEM DA FORÇA DAS VALQUIRIAS! DA BELEZA DAS PLEIADES!! NOSSO FOGO QUEIMA COMO DE UMA FÊNIX!! AVANCEM PELA VIDA!!! PELA VITÓRIA!!!

ação:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
0_Sol
JOGADOR


Mensagens : 102

ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO   ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 EmptySex Nov 30, 2018 1:18 pm

O fim da batalha contra os kobolds trouxe uma calmaria muito bem aguardada para Ikarus.
Poder se encontrar com as garotas depois de passar a manhã toda sozinha, era realmente revigorante. Procurou nos kobolds as duas flechas que gastou. "Qualquer aumento no número delas é bem vindo. Devia ter saído com mais flechas de casa. Tsk"

Pode olhar então com calma para a situação de cada uma delas. Com certeza Cecilia era a mais machucada delas. Decidiu usar sua cura mais uma vez na moça.

ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 1JgFJE1-Que a luz e o calor de Azgher curem esse corpo ferido. Curar Ferimentos Leves

---

Caminhando pelo túnel a elfa se sentia presa, quase que engaiolada, lembrou-se de tempos dolorosos, e tentou afastar as lembranças com um balançar das asas.

E isso foi bem na hora que um grande dragão vermelho surgiu na frente do grupo... "Pera... não... Isso não é real...
A ilusão quase enganou. Mas aparentemente nenhuma das garotas caiu na ilusão. "Mulheres poderosas"

Olhando para as companheiras notou que Cecilia, apesar de ter recebido duas curas magicas, continuava a se arrastar e fazer caretas de dor. Na verdade com exceção de Rose, todas, inclusive ela mesma, estavam bem machucadas. Gostaria de poder curar a todas de uma vez. Havia uma possibilidade, é claro, mas não sabia o que Angra. Será que não diria que é um recurso importante desperdiçado?? Mas o coração da elfa não permitia que ela não fizesse nada...

Como que atendendo os anseios de sua alma, uma aura de calor e brisa fresca começou a emanar de Ikarus, devolvendo vitalidade para suas companheiras.

Provavelmente elas todas notaram. Mas a garota alada nada disse sobre o assunto.

---

Seguindo mais um pouco chegaram a um salão, e antes de ver, ouviram os sons de algemas de ferro. adentraram o salão para ver uma mulher com olhares loucos comandar uma tropa de kobolds contra elas.

Porém suas amigas eram valentes e destemidas. Cecilia logo atacou um dos lobos com misseis magicos e Delli finalizou com sua cimitarra. Um kobold explodiu jogando meleca em outros dois e em Angra que ficou ferida.

Nesse momento algo dentro da elfa surgiu, palavras vieram a sua mente e uma noção pareceu fazer sentido.

O olhar de confiança retribuido a Angra sua primeira e mais importante amiga.

E tomou o ar. A caverna não era muito alta, é verdade, mas era o suficiente para que se deslocassem com desenvoltura que o voo lhe concedia.

Voou até um ponto que considerou apropriado. Olhou nos olhos da mulher com cara de louca e disse:

ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 1JgFJE1- Um exercito criado por medo e grilhões invisíveis nunca será superior a um formado por laços e confiança. Eu encontrei entre essas mulheres esse tipo de lugar. E nossa líder nunca será vencida por uma tal como você.
uma aura de luz evolve Ikarus
- Daz luz ás sombras do Silencio ao som. Veja e tudo e tudo conflagre. EXPLOSÃO SONORA

Ação:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
John Lessard
ADMINISTRADOR
John Lessard

Mensagens : 201

ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO   ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 EmptySab Dez 01, 2018 1:12 pm

Parte 3 - A Caverna dos Kobolds

ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 WyrmGuard_Kobolds_by_DaveAllsop

Angra distribuía suas ordens, enquanto Ikarus batia suas asas e se colocava no meio do campo de batalha, conjurando os poderes de Azgher, fez uma explosão sonora perto da Mãe e seus kobolds. Quatro deles caíram derrotados, largando suas armas e tombando com as mãos nos ouvidos. Um deles resistia, assim como a mulher. Nenhum havia explodido. O lobo que estava do outro lado investiu contra Delihah, ignorando Ikarus que estava fora de alcance. Suas presas fecharam-se em sua perna e a puxaram, a derrubando no chão com velocidade alarmante. A mulher de cabelos pálidos bateu com a nuca no chão.

Citação :

Delilah sofreu 8 pontos de dano e está caída

Os kobolds começavam a se mexer. Dois deles começaram a flanquear Rosenlynn, porém com maestria a moreau desviou das estocadas das lanças. Outros três faziam o mesmo com Cecília, mas suas armas paravam em sua armadura mística. Do outro lado um deles corria após sacar sua funda, outros três o imitavam, mas já faziam chover pedras contra a elfa do céu. Os dois últimos caíram sobre Delilah, tentando lhe espetar. Um deles conseguira perfura seu abdômen superficialmente.

Citação :
Delilah sofre 1 ponto de dano

ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 Ya10

Iniciativa :
 

Citação :
Fichas e Status
Roselynn: <> PV 19/19 <> CA 16/16 <> PM 0/0 <> PE: 0/0 <> PA: 1 <> Condição:
Cecília: <> PV 14/14 <> CA 21/13 <> PM 6/10 <> PE: 0/0 <> PA: 1 <> Condição:
Angra: <> PV 24/29 <> CA 19/19 <> PM 0/0 <> PE: 3/3 <> PA: 2 <> Condição:
Ikarus <> PV 24/24 <> CA 18/18 <> PM 7/11 <> PE: 0/0 <> PA: 1 <> Condição:
Delilah: <> PV 14/22 <> CA 18/18 <> PM 0/0 <> PE: 3/3 <> PA: 1 <> Condição:
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://forumdomamute.forumeiros.com
fantasmageek
JOGADOR


Mensagens : 27

ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO   ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 EmptySeg Dez 03, 2018 5:05 pm

Roselynn sentiu-se acuada, encarando um kobold que estava diretamente a sua frente e sentindo a respiração quente e o fedor que emanava de outro, que tentara lhe cercar chegando pelo outro lado. Olhou para as companheiras, que faziam um esplêndido trabalho aniquilando aquele exército.
Respirou fundo e correu das criaturas maléficas, passando pela Rainha e escolhendo continuar seu caminho, percebendo a determinação no olhar altivo da mesma, ela era poderosa e poderia sair daquela situação sozinha caso precisasse fugir dos que lhe cercavam.
Fora que a essa altura, com tantas explosões que testemunhara, sabia melhor do que atacar um daqueles seres perto de uma de suas companheiras.
Posicionou-se perto de Ikarus, avaliando os possíveis alvos, e tendo em mente a ordem de Angra.


"Mostre a eles o poder da Dama."
"Destrua todos!"
"O sangue deles irá limpar essa caverna."
"Conquiste a vitória e seu espírito será reparado."
"Prove para a Dama sua lealdade."
"Aberrações do Branco."
"Escamas como das Serpentes."
"Limpe esta terra dessas abominações."

Levantou seu arco, posicionando uma flecha limpa, seria estúpido continuar a gastar suas flechas especiais em criaturas inferiores como aquelas. Mirou na criatura em frente à Ikarus e atirou, a flecha afundando certeira no corpo da mesma, encontrando o espaço necessário entre suas escamas para lhe roubar a vida.

Virou-se para a companheira, fazendo uma pequena mesura com a cabeça:

ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 Monali10- A crença da Dama ecoa em suas palavras, mensageira. É uma honra poder testemunhar Sua benção através de seu ser.
Respirou fundo e voltou a encarar seu redor, atenta a possíveis novas aproximações.

Spoiler:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Aldenor
JOGADOR
Aldenor

Mensagens : 132
Localização : Curitiba

ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO   ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 EmptySeg Dez 03, 2018 6:45 pm

A mulher devia ser o tal feiticeiro que tanto falavam. Conjurou mais daquelas pestes inúteis, arremedos, piolhos de dragão para tentar detê-las. Cecília sentiu-se ignorada pela mulher que a colocou no mesmo balaio das outras de seu grupo. Ora, ela era uma rainha e a louca resumiu a esbravejar que não podiam derrotar o exército de um dragão verdadeiro.

Dragão verdadeiro?

Cecília estava irritada, até Angra começar seu discurso. Era sempre agradável ouvir aquelas palavras firmes, mas inspiradoras. Sempre o caminho certo, parecia que lia sua mente, como se fosse uma irmã.

ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 EzTTJwRSim, Angra.

Respondeu a ela, preparando-se para concentrar sua mágica bruta nos mais poderosos dardos místicos possíveis... até que ela se virou para Ikarus. 

"Você é a chave da nossa vitória, saiba disso"

Cecília suspirou fundo.

ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 AMJm1QhFuuuu...

E se mexeu, ignorando os kobolds que a cercavam, pois confiava em suas proteções mágicas.

ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 UDHkY98Escute-me, feiticeira, está diante de uma verdadeira dragoa. Sucumba!

Rew Arcaniss Nil'gnosi!!!

Dessa vez, quatro dardos místicos voaram até o peito da mulher-dragão. Cecília gesticulava exultante, concentrando sua frustração e transformando-a em poder.

Ação de Cecília escreveu:
Movimento: se desloca para f-0
Padrão: conjura mísseis mágicos (1 PM) e causa 11 de dano na mulher-dragão.
Ponto de Ação - padrão: conjura mísseis mágicos (1 PM) e causa 9 de dano na mulher-dragão. Total 20 de dano.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fenris
JOGADOR
Fenris

Mensagens : 77

ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO   ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 EmptySeg Dez 03, 2018 10:23 pm

ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 Divider-clipart-forum-6

Se levantou com um salto, perdendo levemente o equilíbrio. Tentara fazer algo um pouco mais rápido, mas infelizmente havia falhado. Resmungou para si mesma enquanto alcançava o frasco com bebida branca e densa.

Delilah escreveu:
ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 DdIaAk2
- Por favor que tenha gosto melhor do que parece.

Desceu a bebida em um segundo e torceu a boca. Era horrível. Mas ela já se sentia mais rápida. Como se seus reflexos estivessem mais aguçados. E aquilo era certamente uma sensação excelente.


ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 Divider-clipart-forum-6

OFF escreveu:
Se levanta. Toma Nevasca, CA e Reflexos aumntam em 2.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
John Lessard
ADMINISTRADOR
John Lessard

Mensagens : 201

ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO   ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 EmptyTer Dez 04, 2018 9:38 am

Parte 3 - A Caverna dos Kobolds

ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 WyrmGuard_Kobolds_by_DaveAllsop

Roselynn tratou de sair do meio dos kobolds, meio que saltitando pela caverna, com toda sua graciosidade. Retesou a corda do arco novamente, após encaixar uma flecha comum e disparou. A seta trespassou a cabeça de um dos lagartinhos, que caiu morto. Em seguida, contrariada, Cecília despejava quatro dardos de energia púrpura em direção a inimiga. Cada um batia em seu peito com força a fazendo deslizar para trás, ofegante.

Citação :

ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 Enora10

- Pagará por isto... - disse entre dente.

Delilhah levantava-se quase num salto, mas meio cambaleante, bebendo uma poção de seu cinto logo em seguida. A Mãe deu um passo em frente, mirando Ikarus.

Citação :

ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 Enora10

- Desça dos ares, mulher! - ordenou.

A abençoada olhou para o chão, muito tentada a obedecer. O estaria acontecendo? As palavras da mulher tinham poder, mas sacudiu sua cabeça e se manteve firme.

ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 Ya10

Iniciativa :
 

Citação :
Fichas e Status
Roselynn: <> PV 19/19 <> CA 16/16 <> PM 0/0 <> PE: 0/0 <> PA: 1 <> Condição:
Cecília: <> PV 14/14 <> CA 21/13 <> PM 4/10 <> PE: 0/0 <> PA: 0 <> Condição:
Angra: <> PV 24/29 <> CA 19/19 <> PM 0/0 <> PE: 3/3 <> PA: 2 <> Condição:
Ikarus <> PV 24/24 <> CA 18/18 <> PM 7/11 <> PE: 0/0 <> PA: 1 <> Condição:
Delilah: <> PV 14/22 <> CA 20/18 <> PM 0/0 <> PE: 3/3 <> PA: 1 <> Condição:
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://forumdomamute.forumeiros.com
DiceScarlata
JOGADOR
DiceScarlata

Mensagens : 163

ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO   ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 EmptyQua Dez 05, 2018 11:05 am

Angra dos Cabelos de Fogo!

ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 2mzcz2f

- Como esperado Cecilia! A rainha dourada se tornou mais forte!

*Angra sorria conforme avançava em socorro de Delilah. Encontrou o lobo a sua frente o alvejou com um golpe de sua lâmina, porém em vão*

- Tsc... Avancem! Espalhem-se, mas avancem!!! A líder é nosso alvo. Mantenham o plano e formação e continuem a se movimentar. Ignorem os Kobolds longe da general!!

*Mesmo que suas pedras e lâminas pudessem ferir, tinham Ikarus ainda e aquilo jamais terminaria se não atacassem logo aquela que os invoca. Ergueu o escudo mais firme. Protegeria sua aliada*

- Estou indo contra minha ordem... Mas vamos derrotar essa fera Delilah... E tomar a cabeça da general!!

*E o sangue de guerreira fervia*

AÇÃO:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
0_Sol
JOGADOR


Mensagens : 102

ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO   ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 EmptyQua Dez 05, 2018 8:51 pm

Citação :

ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 Enora10 - Desça dos ares, mulher! - ordenou.


Ikarus ouviu o comando da bruxa. Sentiu vontade de descer. Um inexplicável desejo.
"..."
"Ikarus o que é isso?"
A mente da elfa do céu era um pequeno redemoinho de vontades. A própria lutava contra a da outra mulher.
"Hiyori, chega! Só você pode decidir não voar!"

Com um balançar de cabeça a abençoada afastou o poder da outra. Livrando sua mente para pensar em paz.

Angra movia-se pelo campo de batalha com desenvoltura distribuindo comandos.

ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 2mzcz2f-... E tomar a cabeça da general!!

Ikarus olhou em volta. A presença da bruxa era desequilibrante, se ela chamasse mais kobolds seria problemático.

Puxou uma flecha da Aljava, encaixou na corda do arco e fez mira.


ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 1JgFJE1-
- BRUXA. NINGUÉM ALÉM DE MIM E OS DEUSES ME DIZ PARA TOCAR O CHÃO.


A flecha é disparada, voa certeira, atingindo a mãe dragão, que urra de dor. A seta atravessa o joelho esquerdo que explode numa mancha de ossos e carne e artérias que sangram sem parar.

A mulher leva as mãos ao membro dilacerado, o grito ecoa pela caverna enquanto ela cai no chão desacordada. Trazendo o silêncio ao campo de batalha.

O sangue se espelha pelo chão, e continua a fluir.


Ação:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
John Lessard
ADMINISTRADOR
John Lessard

Mensagens : 201

ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO   ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 EmptyQua Dez 05, 2018 9:51 pm

Parte 3 - A Caverna dos Kobolds

ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 WyrmGuard_Kobolds_by_DaveAllsop

O grupo se movimentava pelo campo de batalha. Angra se posicionavam ao lado de Delilah, assumindo uma posição que dificultava que atacassem a aliada. Sua espada, entretanto, resvalou nas escamas da criatura inofensiva. Ikarus bateu suas asas e mirou contra a Mãe, disparando uma flecha certeira que trespassou o joelho esquerdo. A perna se contorceu de uma maneira grotesca, a mulher arqueou o corpo para frente, meio que rodopiou e caiu contra pedra fria, em uma poça de sangue. O lobo avançou contra Delilah, porém sua bocarra e garras não conseguiam feri-la, não com Angra posicionada ali, que retalhou apenas o vento.

Os kobolds então se entreolharam e um a um largaram sua armas, as jogando no piso natural. Um deles abraçou o lobo, tentando lhe acalmar e dizer que a luta estava encerrada. Tinham perdido.

Off:
 


Citação :
Fichas e Status
Roselynn: <> PV 19/19 <> CA 16/16 <> PM 0/0 <> PE: 0/0 <> PA: 1 <> Condição:
Cecília: <> PV 14/14 <> CA 21/13 <> PM 4/10 <> PE: 0/0 <> PA: 0 <> Condição:
Angra: <> PV 24/29 <> CA 19/19 <> PM 0/0 <> PE: 3/3 <> PA: 2 <> Condição:
Ikarus <> PV 24/24 <> CA 18/18 <> PM 7/11 <> PE: 0/0 <> PA: 1 <> Condição:
Delilah: <> PV -3/22 <> CA 20/18 <> PM 0/0 <> PE: 3/3 <> PA: 1 <> Condição:
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://forumdomamute.forumeiros.com
Conteúdo patrocinado




ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO   ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO - Página 6 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
ATO II - O VALE SOB O OLHAR DO FEITICEIRO
Voltar ao Topo 
Página 6 de 10Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10  Seguinte
 Tópicos similares
-
» Long-gone London: Capítulo III – A toada da traição

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Fórum do Mamute :: PbF (Play by Fórum) :: Campanhas :: Johnverse :: ERA DE ARSENAL-
Ir para: